sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

FELIZ ANO NOVO!!!!



RECEITA DE ANO FELIZ
Pegue 12 meses inteiros. 
Limpe-os bem, tirando toda a amargura, ódio e inveja. 
Deixe-os tão limpos quanto possível. 
Depois, corte cada mês em 28, 30 ou 31 partes diferentes; 
mas não pegue todas de uma vez só.  

Prepare-as pouco a pouco, atento aos ingredientes. 
Misture bem, em cada dia, uma porção de fé, uma de paciência, uma de coragem e uma de trabalho. 
Adicione uma parte de esperança, lealdade, generosidade, meditação e boa vontade. 
Tempere tudo com pitadas de espiritualidade, diversão, um pouco de brincadeiras 
e um copo cheio de bom humor.  

Despeje tudo isso numa tigela de amor. 
Cozinhe bem, com muita alegria, e enfeite com um sorriso. 
Depois sirva tranqüilo, desapegado e carinhosamente. 
Assim você estará destinado a ter um
FELIZ ANO NOVO!

terça-feira, 29 de novembro de 2011

PARANOARTE no Capital Fashion Week - Verão 2012

 
 Paranoarte está de volta, com mais uma bela coleção exclusiva para o Capital Fashion Week.

Desta vez, traz para a passarela a cultura peruana, sua etnografia, seus elementos, sua indumentária e suas lindas paisagens.

A praticidade e multifuncionalidade da indumentária típica são as chaves para as formas e silhuetas, trazendo bolsos, volumes, transformações e sobreposições.

A geometria e o ritmo da cidade de Machu Picchu e das Linhas de Nazca ilustram o tema dos bordados. Os materiais são todos de origem natural, no caso o algodão, em suas mais diversas formas, acetinados, sarjas, tricolines, lisos ou estampados, que carregam a mensagem de conforto e versatilidade.

Cores fortes e alegres em contraste com o branco e o preto carregam toda a bagagem cultural peruana, onde cada cor tem seu significado e isso interfere na escolha da vestimenta. Dentre elas força, luta e felicidade de um povo guerreiro e cheio de alegrias!

Em parceira com a designer Thaís Joi, fez acessórios que complementam todo o conceito Paranoarte de ser…
 
 FOTO: ALINE GUEDES

AGRADECEMOS a todos os amigos que torcem por nós e para nossa inicitiva de incluir e divulgar uma rede repleta de artesanato necessitando ser valorizado e qualificado.

AGRADECEMOS aos pareceiros, aos organizadores do Capital Fashion Week e Carolina Puga Godoy que gentilmente aceitou o convite de desfilar conosco.

Coordenação Geral Paranoarte:
Aída Rodrigues - Helenice Bastos
Direção de Arte: Ana Luiza Olivete
Design e Criação:
Ana Luiza Olivete - Ana Claudia Braga - Maria Carolina Câmara - Paula Flôres
Costureiras: Ceci Francisca da Silva - Roza Francisca da Silva
Grupos: Bordado: Recanto das Artes - Maria Brejeira
Costura: Amarradinho em você - Viver Costurando 
Acessórios: Thaís Joi
Calçados: Via Uno
 

DESFILE CFW - VERÃO 2012


 Paranoarte está de volta, com mais uma bela coleção exclusiva para o Capital Fashion Week.

Desta vez, traz para a passarela a cultura peruana, sua etnografia, seus elementos, sua indumentária e suas lindas paisagens.

A praticidade e multifuncionalidade da indumentária típica são as chaves para as formas e silhuetas, trazendo bolsos, volumes, transformações e sobreposições.

A geometria e o ritmo da cidade de Machu Picchu e das Linhas de Nazca ilustram o tema dos bordados. Os materiais são todos de origem natural, no caso o algodão, em suas mais diversas formas, acetinados, sarjas, tricolines, lisos ou estampados, que carregam a mensagem de conforto e versatilidade.

Cores fortes e alegres em contraste com o branco e o preto carregam toda a bagagem cultural peruana, onde cada cor tem seu significado e isso interfere na escolha da vestimenta. Dentre elas força, luta e felicidade de um povo guerreiro e cheio de alegrias!

Em parceira com a designer Thaís Joi, fez acessórios que complementam todo o conceito Paranoarte de ser…






Coordenação Geral Paranoarte:
Aída Rodrigues - Helenice Bastos

Direção de Arte: Ana Luiza Olivete

Design e Criação:
Ana Luiza Olivete - Ana Claudia Braga - Maria Carolina Câmara - Paula Flôres

Costureiras: Ceci Francisca da Silva - Roza Francisca da Silva

Grupos: Bordado: Recanto das Artes - Maria Brejeira

Costura: Amarradinho em você - Viver Costurando 
Acessórios: Thaís Joi
Calçados: Via Uno

AGRADECEMOS a todos os amigos que torcem por nós e para nossa inicitiva de incluir e divulgar uma rede repleta de artesanato necessitando ser valorizado e qualificado.

AGRADECEMOS aos pareceiros, aos organizadores do Capital Fashion Week e Carolina Puga Godoy que gentilmente aceitou o convite de desfilar conosco.

terça-feira, 22 de novembro de 2011

CAPITAL FASHION WEEK - VERÃO 2012



Nos dias 28, 29 e 30 de novembro acontece a semana de moda mais importante de Brasília, o Capital Fashion Week. A 11ª edição do evento acontecerá na Câmera Legislativa do Distrito Federal e contará com desfiles de:
 Eliana Murargy, Anna Paula Osório, Miranda Castro, Paranoarte, Camila Prado, Fernanda Ferrugem, SummerShop, Sakina, Confraria,  Vila Kids,Fashion Inclusivo,  Luciana Machado, Hudson Lucas, Ivan Hugo, Romildo Nascimento e  IESB .

terça-feira, 18 de outubro de 2011

ESTILO KITSCH - definição

Foto: Flickr Kbo

A palavra kitsch vem do alemão "kitschen", que se refere a fazer o novo com o velho.
O espaço é um mix de brechó, antiquário, livraria, arte e design.

Caracteristicas Kitsch

Princípio de Inadequação: Ao deslocamento, junta-se a inadequação da forma, do estilo, do contexto, da função, de uso. Desvio em relação à finalidade, tamanho (abridores de garrafa gigantes), falsificação de materiais (flores de plástico), estilos contextos (anjos barrocos de gesso, para estantes) figurações em objetos utilitários (pêra de cristal, como baleiro). Funções secundárias que acabam suplantando a função principal, funções múltiplas em um único objeto. A inexistência de uma relação do tema com a estrutura geral da obra.

Principio de Acumulação: Objetos diversos sem um sentido, que possuem valor emocional e de baixo custo, que vão sendo acumulados sem uma unidade de adequação.(enfeites de geladeiras, cerâmicas, bibelôs). Além de tornar ambientes kitsch, também pode tornar pessoas em kitsch, quando ocorre o demasiado uso de enfeites ou adornos corporais. (brincos, colares, pulseiras, echarpes, etc).
Percepção
Sinestésica: O maior uso dos sentidos para impressionar o espectador, imagem, som, aromas (cartões de namorados perfumados). Repetição exaustiva de mesmos signos com significados semelhantes.

Principio de Mediocridade: com tantos artifícios, inadequação, acumulação, percepção sinestésica, o kitsch chega próximo do vulgar, mas essa mediocridade facilita a absorção do consumidor. Nem feiúra nem beleza extremas: esses são valores absolutos, que fogem do intuito do kistch.

Principio de Conforto: o que não cria problemas agrada; enche a vida da sociedade de consumo de sensações, emoções e pequenos prazeres (objetos cotidianos).

O kitsch está em todas classes sociais; é um elemento de nivelação social e histórico consumido indiscriminadamente por todos. Independente das diferentes possibilidades de status que o objeto kitsch possa suscitar, agrupa-se o kitsch em categorias: religioso (terços saturados de imagens), sexual (canetas com mulheres nuas), exótico (paisagens havaianas, indianas de fundo), doce (
anões de jardim), amargo (cobras, esqueletos de plástico fluorescentes), político (insígnia de partidos políticos em chaveiros), na moda (estampa de oncinha, cobra, zebra...) e também as combinações entre estas.

fonte: http://estudandoamoda.blogspot.com/2009/06/estetica-kitsch.html